Publicidade

Matão realiza Semana da Consciência Negra 2019

CUCÃO DURANTE PALESTRA 2Calendário de atividades está sendo organizado pela divisão de Difusão Cultural.

A Prefeitura de Matão, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, realizará a Semana da Consciência Negra a partir de 13 de novembro.

A programação prevê ações socioculturais e palestras. Dentre as atividades previstas está a realização da Caravana da Beleza Negra no período de 18 a 23 de novembro com ações de valorização da beleza feminina, como corte e tintura de cabelos, escovas e penteados afros, serviços de manicure, entre outros serviços de beleza.

Segundo João Bento (Cucão), diretor da divisão de Difusão Cultural, esta ação é uma realização do Beraldo Perfumaria e conta com o apoio do Departamento de Cultura. “Estamos fechando o calendário e, com certeza, teremos várias atividades de integração social. Dentre as ações já confirmadas teremos exposição de indumentárias africanas, mostra fotográfica, entre outras atividades”, comenta.

No Brasil, o Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro. Criado em 2003, foi incluído no calendário escolar até ser oficialmente instituído em âmbito nacional mediante a Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo feriado em cerca de 1.000 cidades em todo o país e nos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro, por intermédio de decretos estaduais. Em estados que não aderiram à Lei, a responsabilidade é de cada Câmara de vereadores, que decide se haverá o feriado no município. A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares em 1695.

O Dia da Consciência Negra é uma forma de integrar a raça negra em meio à sociedade brasileira, lembrando toda luta e sofrimento que esse povo passou para poder ter seus direitos como ser humano respeitado. “É uma forma de combater o racismo que, mesmo depois da libertação, não fez com que os negros recebessem o respeito que eles merecem, bem como demonstrar a importância da população negra para a cultura e desenvolvimento da nação brasileira. Assuntos como Religiões Matrizes Africanas, discriminação social, moda e beleza negra, entre outros, serão temáticas abordadas durante essa semana tanto na Casa da Cultura quanto em outras localidades do município”, destaca a secretária da pasta, Adriana Marangoni.

Pesquise no Site

Publicidade