Publicidade

Carroças puxadas por animais passa ser proibidas em Matão

carroca centro nh1 18828137O prefeito Edinardo Esquetini, sancionou o Projeto de Lei Complementar (PLC) nº01/2020, de autoria do Vereador Luiz Manzini, que dispões sobre a proibição do emprego de animais para condução de carga.

A solenidade de assinatura aconteceu na sala de reunião do gabinete, e contou com a presença do presidente da Câmara e autor do projeto, Vereador Luiz Manzini, do Secretário de Meio Ambiente, Marcelo Favaro, dos representantes da Comissão de Defesa e Proteção dos Animas da OAB Matão, de membros das ONGs Amor Sem Raça, Amigos da Mulekada, além do ASCA (Apoio Social à Causa Animal).

O prefeito Edinardo Esquetini comentou como será após o sancionamento da lei. “É um momento de muita honra e orgulho em sancionar a lei do vereador Manzini, que proíbe o uso de tração animal no município de Matão. Fica proibido o uso das carrocinhas, lógico que tem um período de seis meses para fazer essa adaptação, para que as pessoas possam se quiser fazer um curso de qualificação, um empréstimo junto ao banco do povo, um direcionamento de trabalho que não seja feito com tração animal” disse Esquetini.

De acordo com a participante da ONG Amor Sem Raça, Juliana Sgardioli, o a partir do sancionamento da lei, as ONGs e os defensores dos animais, ajudarão fiscalizar e acabar com o sofrimento dos animais. “É muito importante que foi sancionada a lei, pois a partir de hoje a gente que luta todo momento contra os maus tratos vamos ajudar fiscalizar, mas é importante que os carroceiros se conscientizem, pois os animais sentem as dores e nós somos a voz desses animais”, disse Juliana.

O vereador Manzini disse da importância da aprovação deste projeto de lei. “A provação deste projeto é muito importante para nossa cidade, pois há muito tempo estamos tentando aprovar o projeto na Câmara Municipal sobre a proibição das carroças no município de Matão. Eu estou muito feliz em poder contribuir com a causa animal, de ajudar as ONGs, e a população que defende os animais. Temos 180 dias para que esta lei seja cumprida, mas dentro deste período realizaremos um trabalho junto com a secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, entidades, para que a gente possa dar uma condição de vida melhor a essas pessoas que vão deixar de utilizar as suas carroças no município de Matão”, disse Manzini.

A representante da comissão de defesa e proteção animal da OAB Matão, Dr. Adriana Alves, relatou como é o trabalho da comissão. “Nós da comissão estávamos lutando para que essa lei fosse sancionada em proteção aos cavalos e os demais animais da cidade de Matão, pois o animal não tem como dizer ou reclamar dos maus tratos sofridos, sendo assim, depende de nós, é muito importante enfatizar que as denúncias são anônimas, e é assim que a comissão de defesa e proteção dos animais da OAB Matão trabalha, para acompanhar as denúncias, proteção e defesa dos animais” relatou a Dr. Adriana. 

O prefeito aproveitou para agradecer os fiscalizadores em prol da causa animal de nosso município. “Não posso deixar de agradecer o suporte que a comissão de defesa e proteção dos animais da OAB Matão, vem realizando em nosso município, em nome do Dr. Edson Pereira e da Dra. Adriana Alves, quero agradecer todos os advogados que fazem parte desta comissão, pois muitas vezes as pessoas maltratam os animais as acham que vai sair impune, mas as ONGs estão atentas, o nosso setor de fiscalização estão atentos e tem aplicado multas, tem acompanhado os boletins de ocorrência que são relacionados a maus tratos animais, então quero parabenizar as ONGs, o ASCA, a OAB, pelo trabalho magnífico que vocês estão fazendo em defesa aos animais. E mais uma vez parabéns vereador Manzini por essa coragem de levar um projeto de grande magnitude, eu não tenho dúvidas que isso vai ficar registrado eternamente, pois o senhor como vereador teve a preocupação com a causa animal, muito obrigado a todos”, finaliza Esquetini,

carroca centro nh1 18828137

Pesquise no Site

Publicidade