Publicidade

Doações de leite materno caem durante pandemia

DSC01049 1 2Posto de Coleta de Leite pede ajuda com doações de leite ou frascos.

A pandemia do coronavírus trouxe desafios para todas as áreas da saúde, inclusive para o Posto de Coleta de Leite Humano do Hospital Carlos Fernando Malzoni. Nesta semana, comemoramos no dia 19 de maio o Dia Nacional de Doação de Leite Humano, data que busca incentivar a doação, bem como homenagear as mães doadoras. “Mesmo com tanta importância os bancos de leite humano no Brasil, que são referência mundial, enfrentam constantemente problemas no estoque e até a falta de frascos oferecidos para as doadoras armazenarem o leite. Até 10 bebês podem se beneficiar de um litro de leite doado, a cada dia. São muitas vidas impactadas positivamente!”, afirma a coordenadora do Posto de Coleta de Leite, Thais Baldan.

Para os bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, o leite materno é muito importante, pois pode encurtar o tempo de permanência na unidade. “Os bebês prematuros, principalmente os de baixo peso, nascem precisando de bsastante suporte para que se recuperem logo e recebam alta médica. Muitos possuem alguns problemas de saúde, especialmente do trato gastrointestinal e, ao se alimentarem de fórmulas, ficam expostos a um risco maior de desenvolver doenças intestinais graves”, explica Thais, que ainda completa, “como leite materno, o bebê prematuro ganha peso mais rápido, se desenvolve com mais saúde e fica protegido de infecções”, ressalta.

Doadora do Posto de Coleta de Leite, Tatiana Camillo, acredita que a doação é um ato de amor e solidariedade. “Comecei a doar  o leite porque sei da extrema importância dele na vida de um bebê. Sempre tive o desejo de doar e, graças a Deus, alimento meus dois filhos e ainda consigo ajudar as crianças da UTI Neonatal. É um enorme prazer saber que estou ajudanddo a aumentar as chances de vida dessas crianças”, conta. Na semana em que se celebra o Dia Nacional de Doação de Leite Humano, Tatiana entregou para o Hospital 1,9 litros de leite materno.

Doações x coronavírus

A coordenadora do Posto de Coleta de Leite Humano informa que as coletas externas voltaram. “Fizemos uma pausa por conta da pandemia, mas nosso estoque abaixou muito. Por isso, retornamos com as coletas, de forma segura tanto para a nossa equipe, quanto para as doadoras. É necessário agendar pelo telefone (16) 3383-2500, ramal 2133, e vamos até a casa da doadora com os frascos esterelizados para ela ir coletando o leite durante a semana, todas as quartas-feiras voltamos buscar”, explica Thais Baldan.

Entretanto, mães que tiveram diagnósticos positivo para a COVID-19, não podem doar. “Na verdade, a mãe tem que estar saudável para fazer a doação. Esse leite é enviado para análise e pasteurizado, para só depois ser destinado aos bebês da UTI Neonatal. Quem não poder doar, ou não estiver amamentando, pode nos ajudar doando potes de vidro com tampa plástica, porque utilizamos os recipientes para destinar as mães doadoras”, finaliza a fonoaudióloga.

WhatsApp Image 2020 05 21 at 11.31.48

Pesquise no Site

Publicidade