Publicidade

Novas ligações de água vão incluir hidrômetro padronizado

DSC01049.jpg-1As novas ligações de água da cidade serão padronizadas e vão incluir, a partir deste mês, o hidrômetro.

A mudança está prevista no Regulamento dos Serviços de Água e Esgoto da cidade e visa principalmente padronizar as ligações e garantir a eficiência dos hidrômetros, que passam a ser fornecidos pela concessionária Águas de Matão e incluídos no custo das novas ligações, assim como já ocorre em ligações de energia elétrica e de gás.

O gerente Marcos de Araújo explica que, embora a concessionária forneça um produto tecnologicamente superior, o preço final para o cliente será o mesmo praticado anteriormente pelo mercado local. Esse valor será custeado pelos clientes apenas no caso de novas ligações. Em relação à substituição dos atuais hidrômetros, seja por tempo de uso ou qualquer outro problema que comprometa seu funcionamento, o custo será de responsabilidade da concessionária.

O Regulamento dos Serviços prevê que a responsabilidade da Águas de Matão pela instalação e manutenção das ligações de água vai da rede de distribuição até os hidrômetros. O artigo 57, por exemplo, estabelece que “os hidrômetros são bens públicos e serão instalados e mantidos em bom estado de conservação e funcionamento, sendo sua manutenção e substituição responsabilidade da concessionária”.

“Essa medida foi tomada porque não temos como dar garantia de um produto que não adquirimos. Por exemplo, se um hidrômetro apresentar falha técnica só poderemos acionar o fabricante se a compra tiver sido feita pela nossa empresa. É importante ressaltar também que os equipamentos adquiridos pela concessionária, além de apresentar o selo do Inmetro, passam por testes de qualidade”, explica o gerente.

Para cumprir de forma integral o Regulamento, a concessionária procurou os lojistas locais no decorrer da primeira quinzena deste mês para apresentar as novas regras. Entre as partes, ficou acordado que a Águas de Matão vai comprar os hidrômetros dos lojistas que eventualmente ainda tenham o equipamento em estoque e que os estabelecimentos vão continuar comercializando as caixas de proteção.  

Pesquise no Site

Publicidade